domingo, 30 de setembro de 2012

Ainda sobre os vestidos dos Emmy´s



Emily VanCamp por  J. Mendel
Emilia Clarke por Chanel

E porque ainda não é tarde para mostrar os vestidos mais bonitos deste grande evento.
Elegância e modelos extremamente bem concebidos. O que mais se pode pedir?

sábado, 29 de setembro de 2012

Casaquinhos estilo Chanel







 
 
   
Já uma vez tinha dedicado um post a este modelo de casacos que nos tem vindo a surpreender nas últimas estações. Inspirado nos casacos da marca Chanel criados e mostrados ao mundo por Coco Chanel, já se tornaram numa peça obrigatória em qualquer guarda roupa.
Hoje venho-vos falar de um que gosto particularmente, o modelo em tons de preto/cinzento. Mais casual que uma peça completamente preta mas continuando a ser elegante e facilmente conjugável. Para os dias de mais fresquinho que se adivinham, sem ser uma peça pesada e demasiado quente, ideal para as meias-estações.
Estou curiosa por ver os dois primeiros modelos ao vivo (H&M e Mango). O da Zara já experimentei e gostei bastante, tirava apenas um bocadinho do volume nos ombros. Em relação ao preço, trata-se de um casaco um pouco caro mas que, caso não tenham nada deste género vale consideravelmente o investimento.
Tendência na qual apostar, sem dúvida

 




sexta-feira, 28 de setembro de 2012

Nova colecção Zara




 No início desta semana fomos surpreendidos com mais um lookbook da Zara. Com as cores do momento, passando pelo burgundy e sem nunca esquecer o clássico preto que nunca deixa de estar na moda, é-nos apresentado um lookbook com casacos de corte direito e compridos usando o duo tão na moda composto por pele e tecido, jumpsuits, tecidos fluidos e a levantar a ponta do véu com alguns acessórios que nos fazem apaixonar imediatamente. É o caso das sandálias  da terceira imagem, que estando em destaque na estação passada continuam a manter-se presentes nas novas colecções e a assumir-se como um must-have e um básico a ter no nosso closet. Uma peça que me surpreendeu, foi a camisa da primeira imagem, num tecido muito fluido, que pode ser usada de diferentes modos, tanto como camisa ou como casaco.
Mais uma vez, a Zara supreendeu-me. A nova colecção continua a prometer.

quinta-feira, 27 de setembro de 2012

Farmácias de luto


Desde pequenos sempre fomos habituados a ter uma farmácia ao virar da esquina. Quando precisávamos de ir "aviar" uma receita, lá estava ela. Quando precisávamos de um conselho e de um medicamento porque não nos sentíamos bem, era lá que recorríamos. Pois, parece que isto não vai acontecer por muito tempo. No inicio da semana na abertura do noticiário dos grandes canais de TV, a notícia do fecho iminente de cerca de 600 farmácias surpreende tudo e todos. Como espaço privilegiado de acesso a cuidados de saúde com pessoal qualificado e prestadora de serviços essenciais à população, este espaço tem vindo a deixar de ter atenção por parte do nosso Governo e se nada for feito não serão "só" 600 farmácias que vão fechar mas serão muitas mais. Se em cidades caso um destes espaços feche, temos outro e outro, nas pequenas vilas e aldeias espalhadas por Portugal, este é o único local onde os idosos podem ter acesso a cuidados de saúde primários. É aqui que levantam os seus medicamentos, que fazem as suas análises. Quando fecharem, o que acontecerá, dado que muitos não tem possibilidade de se deslocarem? E não é só nas aldeias que os problemas acontecem. Sem lucros suficientes para fazerem face a despesas infinitas, sem capacidade de compra de medicamentos, com cortes dos fornecedores. Ninguém aguenta.
Se nos habituámos a ouvir dizer que a farmácia era um negócio que dava milhões e que gerava muito dinheiro, o que até podia acontecer há alguns anos atrás, essa realidade acabou e disso ninguém tem dúvidas.
Falo disto talvez com mais preocupação do que muitos porque se trata da minha área, de algo que conheço e, porque vi de perto o que se passava e, se cheguei a ver pessoas que não tinham capacidades monetárias para pagar os medicamentos que precisam para viver, o que acontecerá quando as farmácias deixarem de ter capacidade de os ter em stock?


Petição pelo acesso de qualidade aos medicamentos e condições necessárias ao normal funcionamento das farmácias


http://www.peticaopublica.com/?pi=Farmacia
Quem acreditar nesta causa, por favor assine.

Temos de lutar pelo acesso à saúde.




terça-feira, 25 de setembro de 2012

O que o frio nos traz de bom - casacos de malha






Nesta altura de transição em que nos encontramos, numa altura em que ainda podemos usar os vestidos de Verão com um casaquinho em cima e os calções de ganga com uma camisa, começamos a ter curiosidade em ver o que vai por ai aparecendo para nos fazer companhia na época mais fria do ano. Embora já tenha começado a ver há algum tempo atrás, só agora comecei a pensar nas minhas novas aquisições. Se os dias de calor e praia já lá vão, começo a pensar nos pontos positivos desta nova estação que se avizinha e, é indiscutivel que as malhas são indispensáveis. Um verdadeiro clássico do nosso guarda roupa de Outono/Inverno. Sou fã de casacos de malha, daqueles fofinhos, com lã grossa, muito quentes. Basta uma camisa por baixo e um casaco daqueles e estamos prontas para ir para a rua ou, mesmo no caso de dias mais frios, servem perfeitamente para usar debaixo de um sobretudo.
Estes modelos que vos mostro para além de terem tons nude que adoro, tem o pormenor da malha trabalhada o que confere mais um upgrade ao casaco e assim a qualquer look. A minha sugestão: com skinny jeans e botas.
Os primeiros dois modelos são da Massimo Dutti e os outros dois são da Zara.
Qual deles o melhor, não sei dizer. Sei que vou procurar por eles, isso sim.

E vocês, também se renderam às malhas?

segunda-feira, 24 de setembro de 2012

Caderneta de cromos por Nuno Markl


Hoje trago-vos uma sugestão ideal para os dias mais cinzentos, naqueles nos quais precisamos de nos animar e claro, para os outros dias também. Digamos que é um livro ideal para toda a hora e para várias faixas etárias. Retratando-nos o mundo dos anos 70 e 80 com muita piada, traz-nos à forma de livro as crónicas de Nuno Markl que passaram nas manhãs da grande Rádio Comercial. Humor inteligente, imaginação sem limites e variedade imensa de crónicas passando pelos programas de televisão,  bandas musicais, brinquedos e personalidades que marcaram aquele tempo, ficamos a conhecer melhor e de uma maneira inigualável aquelas décadas. Para quem está como eu na casa dos vinte, existem algumas coisas que ainda nos fazem dizer "Ah, mas eu lembro-me disto". Atenção: vão dar por vocês a rir às gargalhadas (já me aconteceu).
Aconselho vivamente a ler.

Caderneta de Cromos voltem às manhãs da Comercial =)

domingo, 23 de setembro de 2012

E o Outono chegou


Hoje foi o dia em que senti que o Outono tinha mesmo chegado. Um pouco de chuva, temperaturas mais baixas. Lá foi dia de trocar o vestido da praxe dos dias de Verão pela camisa, os jeans e as sabrinhas. E sabem que mais? Que bem que soube =)

sábado, 22 de setembro de 2012

Sabrinas Vermelhas


Outro básico que anda a faltar no meu guarda roupa são as sabrinas vermelhas. Depois de muito uso, este ano tiveram de ser substituídas. O vermelho consegue ser aquela cor que, sendo viva é ao mesmo tempo uma cor clássica que existe sempre em algumas peças. Temos de ter sempre a camisa vermelha, o casaco vermelho, o verniz vermelho.O vermelho está sempre lá. Como já devem saber, adoro sabrinas e, descobri no site da Zara estes dois modelos que me chamaram a atenção, um com salto mais raso e o outro com mais uns centimetros. Para fazer a transição entre as sandálias e as botas, aqui está uma boa opção.

quinta-feira, 20 de setembro de 2012

Mango - selecção semanal








Nesta colecção Outono/Inverno a Mango tem sido das lojas que mais me tem surpreendido pela razão qualidade/preço. Se antes achava que se tratava de uma marca que praticava preços bastante elevados neste momento tornou-se numa marca acessível que tem vindo a crescer e muito e a mostrar cada vez colecções melhores e mais diversificadas. Esta semana passei por lá e, tendo gostado de várias peças resolvi fazer um apanhado das peças que acho que seriam um bom investimento. Em relação a camisas, sou fã de camisas leves, ligeiramente largas em tecidos fluidos, acho que devem sempre fazer parte de qualquer guarda roupa pela sua versatilidade tanto para situações quotidianas informais como para situações mais formais. Camisa, jeans e sabrinas/botas, a minha conjugação preferida. Neste caso escolhi uma em azul (klein), em bordeaux e em nude. Em relação a blazers, já uma vez falei aqui sobre eles e se normalmente prefiro em tons mais clássicos, adorei estes por darem logo cor a qualquer look. Boas apostas, até por não serem cores dificeis de combinar. O preço? Ainda mais convidativo. Por fim, duas blusas simples com uns pormenores engraçados, ideais para a mudança entre estações.

Já fizeram a vossa selecção de peças a investir nesta estação?


quarta-feira, 19 de setembro de 2012

Botas Pantufa



Lembro-me de quando surgiram este tipo de botas, já há vários anos atrás. Lembro-me de ter sensivelmente 15 anos e de se ter tornado numa moda lá na escola e não haver menina que não calçasse uma destas belezas. Na altura ainda não se ouvia falar de UGG nem de Emu, mas lembro-me que se compravam nas lojas de desporto. As que comprei nessa altura ainda hoje as uso ocasionalmente, passados tantos anos ainda estão em bom estado. Já tentei por diversas vezes trocá-las mas, não há amor como o primeiro.
Se há calçado que divide opiniões este é definitivamente um deles. Se por um lado uns afirmam que é um calçado muito desajeitado, feio e que tira qualquer elegância a um look, outros apoiam a teoria de que são super quentinhos, muito confortáveis e de que até ajudam a compor um coordenado mais casual. Eu apoio esta última teoria. Claro que não é um calçado para usar numa ocasião formal nem quando se quer um look mais arranjado mas, ideal para aqueles dias de frio.
Em relação a marcas de fast-fashion que as tenham na sua colecção temos a Blanco que, embora não tenha em formato de bota, tem uns botins com bastante piada. Fico na dúvida de ver como fica calçado. O modelo das tachas deixou-me bastante curiosa.



Como se parecem imenso e calçam como se fossem pantufas, porque não ter umas pantufas mesmo neste formato? Estas são da H&M e têm um preço convidativo.

Convencidas ou nem por isso?

segunda-feira, 17 de setembro de 2012

Clinique - BB cream

Em relação ao primeiro BB cream que comprei, devo dizer que acertei logo à primeira. Nunca gostei de andar muito maquilhada, gosto de uma maquilhagem simples, que disfarce as imperfeições do rosto e que realce um pouco certos pontos, como um blush subtil, um eyeliner, tudo simples. Sombras muito coloridas e cores muito vivas nunca chamaram muito a minha atenção. Em relação a corrigir imperfeições, quando comecei a usar base pontualmente, gostava do efeito mas achava que ficava pouco natural e muito "pesado" na pele do rosto. Ao ouvir falar dos cremes com cor (antes de serem chamados BB cream) resolvi experimentar e, como a Clinique é uma marca que considero de bastante qualidade arrisquei num BB cream desta marca. Leve, confere um certo tom para não ficarmos tão pálidas e fica bastante natural. Como costumo dizer, não é muito "pesado" e é fácil de espalhar. Uma pequena quantidade dá para uma grande superfície de pele. Além disso tem índice de protecção solar SPF 15, o que ajuda um bocadinho. Pode ser usado como base tendo no entanto um efeito mais suave. Podem colocar os correctores por cima, sendo assim mais fácil de esconder as imperfeições.
Um produto a que fiquei fiel.


domingo, 16 de setembro de 2012

New in - Brincos



As novas aquisições deste fim de semana foram estes dois pares de brincos. Com um estilo meio vintage, chamaram-me logo a atenção. Podendo ser usados num look mais clássico e clean ou num look mais extravagante, acessórios mais elaborados são sempre uma opção inteligente. Neste caso, apostei em tons pastel com leves apontamentos dourados. Com uma camisa branca, num look branco ou preto total ou em tons nude, são sempre uma boa opção. Se querem um look mais clássico ou não, basta juntar as peças de roupa certas. Eu já estou a imaginar os meus.

Boas compras?

sábado, 15 de setembro de 2012

Capitães da Areia


Adaptado da obra de Jorge Amado que contava a história de um grupo de meninos órfãos e que roubavam para sobreviver na Bahia dos anos 30, saiu para os ecrans de cinema em 2012. Quando esteve no cinema não tive oportunidade de ver mas desta tarde não passou. Se comecei o filme a aumentar o volume por não conseguir perceber com certeza os diálogos das personagens por estarem a falar um brasileiro diferente ao que estamos habituados a ouvir, depressa nos habituamos a este "dialecto". De uma maneira bastante romanceada é contada a história de um grupo de rapazes conhecidos pelos seus assaltos organizados pelas ruas da Bahia, sendo noticiados como os "Capitães da Areia", um grupo de meninos órfãos, sem tecto para dormir e que roubavam os mais ricos que por lá passavam, já com esquemas organizados. Associado a uma boa fotografia, a efeitos de imagem inteligentes e simples somos transportados para um filme diferente, com bons desempenhos e com uma história que relata um mundo completamente fora de tudo o que conhecemos. Mesmo sem os finais felizes a que nos habituamos,
Aconselho.

sexta-feira, 14 de setembro de 2012

A odisseia das malas * 4




E aqui estão duas das malas que mais me chamaram a atenção nesta nova colecção da Zara. Tenho tentado  investir nas que sei que me vão durar mais tempo. Malas pretas e camel? Nunca deixam de ser precisas e estas são muito giras mesmo. Sem deixarem de ser completamente banais, são modelos versáteis que podem ser complemento de qualquer look. Por serem de pele ganham mais um ponto a favor.

Já as viram por aí?

quarta-feira, 12 de setembro de 2012

terça-feira, 11 de setembro de 2012

Calções Pele




Como tendência assumida desta nova estação Outono/Inverno, os calções de pele invadiram as nossas lojas preferidas. Sejam mais curtos ou mais compridos, de cintura subida ou de cintura descaída. Pretos, castanhos ou camel, há para todos os gostos. Para usar com collants opacos nos dias mais fresquinhos que se aproximam, são ideias para um look mais casual ou mais chic. Calçado? Sabrinas ou botins, oxford shoes, a escolha é grande. Para mim adaptam-se melhor a um calçado mais casual, sem saltos altos.
Os modelos apresentados são todos da Stradivarius.
Os que estou à procura? Camel e que não sejam muito curtos. Os mais parecidos que vi por aí são da Pepe Jeans e embora não duvide da qualidade, são demasiado caros.
Se virem mais modelos por aí, let me know.

Anna Dello Russo para H&M













Chega no dia 4 de Outubro à loja H&M do Chiado a nova colaboração da H&M com a famosa editora da Vogue Japão reconhecida mundialmente pelos seus looks extravagantes e capazes de chamar a atenção a qualquer em qualquer lado, sendo que a sua presença nas semanas internacionais e nos eventos de moda nunca passam despercebidos. Nesta nova parceria digamos que a extravagância não foi posta de lado de maneira nenhuma. O dourado, os brilhantes e as cores vivas estão por toda a colecção de acessórios. No entanto, já vi também peças que fogem um bocado a esta imagem,  mais discretas. Uma chamada de atenção para as malas de viagem que sendo super diferentes da mala comum que usamos não deixa de primar pela criatividade e sim, achei bastante piada.
As parcerias da H&M são sempre bem-vindas e conseguem mostrar ao mundo que é possível conjugar alta costura com moda mais acessível. Como o resto das parcerias ao ir apenas para uma das lojas, não me parece que seja acessível a mais do que 15 pessoas que estejam lá dentro uma hora antes da loja abrir. Um aspecto a melhorar sem dúvida.
Ficamos à espera de novidades desta colecção.



domingo, 9 de setembro de 2012

Amigos improváveis e desabafo



Ontem foi finalmente dia de ver este filme que já há tanto tempo tinha planeado ver. Quando saiu no cinema foi alvo de grande atenção tanto pela industria cinematográfica como pelo público em si, o que me surpreendeu bastante. Hoje, enquanto somos "bombardeados" com blockbusters americanos e quando a única coisa que conseguimos ver sem criticar são filmes americanos e ingleses, é de louvor este ter sido um filme tão visto e tão valorizado. Não me interpretem mal, eu também gosto de ver aqueles filmes que se transformam em êxitos de bilheteira no primeiro dia em que são exibidos, mas deixa-me completamente frustrada olhar para um cartaz dum cinema e não ver nada para além desses filmes, comédias românticas iguais, sequelas de sequelas de sequelas de filmes de acção americanas e, quando chega um filme de qualidade francês, português, espanhol, whatever, seja automaticamente posto de lado. Em resumo, estamos moldados para ver um certo tipo de filmes e sempre que surge algo que fuja desses estilo a que nos habituámos, rejeitamos.
Agora que já leram o meu desabafo, falo-vos deste filme. As expectativas quando o comecei a ver já eram altas mas não me desiludiu nada. Um filme bem feito, bem filmado, com uma boa fotografia, com actores que nos arrancam imensas gargalhadas ao longo da história. Um filme verdadeiro sobre a amizade e a dedicação ao outro. Sem moralismos. Vale mesmo a pena. Para quem não sabe: é a história de um individuo francês tetraplégico que precisa de um cuidador a tempo inteiro e contrata para isso um jovem que no inicio não parecia de todo ter capacidade de conseguir trabalhar naquela casa mas que, ao longo do filme muda a sua vida e a do senhor que o contratou. Muito humor à mistura. Humor inteligente e por vezes um bocadinho negro mas sem maldade.
Para verem. Aconselho mesmo.
Quem já viu, o que achou?