domingo, 10 de agosto de 2014

Desabafos# País fechado para férias...

Não acho normal e não me peçam para perceber este atraso de vida porque é algo que nunca vai acontecer. 
Não, em Agosto nem toda a gente está de férias e muita gente trabalha, (e muito) portanto porque é que não se consegue resolver nada nem tratar de assuntos importantes? Porque é que empresas a fio essenciais para o funcionamento de outras encerram? Porque é que quando precisamos de algum serviço público está tudo a funcionar a meio gás (quando está)? Porque é que não se asseguram serviços mínimos e já agora... serviços mínimos que não funcionam também dispensamos. Porque é que quando quero fazer uma encomenda de produtos que necessito tenho de fazer em Junho ou Julho, já a usar a minha capacidade de adivinhação em relação ao que vou necessitar dois meses depois? Como é que posso prever rupturas de stocks imprevisíveis? Como é que num país a tentar recuperar de uma crise nos damos ao luxo de parar certos sectores nacionais que são necessários para o normal funcionamento de um país? Porque é que os serviços mínimos estão assegurados por um ou dois funcionários que atendem centenas de pessoas diariamente, só porque a equipa está reduzida a 1/4 do normal? Porque é que nos respondem, "ah isso só pode ser tratado em Setembro"? E já agora qual é a empresa que se dá ao luxo de ter os seus colaboradores todos de férias ao mesmo tempo?

Porque é que o país entra em modo hibernação em fins de Julho para sair só a meio de Setembro? Sim, porque depois das férias temos de compreender que "esteve muita gente de férias e ainda não se conseguiu tratar de tudo". Como é que conseguimos criticar com consciência a situação económica de um país que fecha literalmente para férias? A minha palavra para isto é apenas uma... ridículo.


1 comentário:

  1. Concordo contigo, é mesmo frustrante e não faz sentido nenhum..

    ResponderEliminar

Obrigada pela mensagem =)
Beijinhos